Três vereadores do município de Tobias Barreto podem perder o direito de tocar seu mandato conquistado nas eleições de 2016. O motivo, mudança substancial dos ideais dos seus respectivos partidos.

O fato ocorre com os vereadores Divan da (PV), Montival (PROS) e Vêranio (PT), podem perder os mandatos de acordo com o  art. 22-A da Lei 9.096, por infidelidade partidária. Os três vereadores assinaram um documento se comprometendo votar na chapa apoiada pelos seus partidos, para mesa diretora da câmara de vereadores de Tobias Barreto, porem os vereadores citados votaram em outra chapa, sem consultar os partidos.

O advogado Fernando Valeriano, em entrevista a rádio clube nesta terça-feira (03), disse que seu partido o PROS, já esta entrando com uma ação para tomar o partido de Montival, a expectativa é que o PT e PV também façam o mesmo. Se a infidelidade partidária for julgada e comprovada, o tribunal ordenará a perda do cargo e o e do empossamento dos suplentes.