VEREADOR FAZ CONFUSÃO COM TERMO ‘ALAMEDA’ EM VOTAÇÃO NA CÂMARA DE ITABAIANA

0
1830

A votação de um projeto para a troca do nome de uma rua na Câmara Municipal de Vereadores de Itabaiana, no agreste sergipano durante a sessão da ultima quinta-feira (25) gerou muita discussão e muitas risadas. As imagens foram para na internet e em programas de Tv aumentando ainda mais a resenha sobre o assunto.

Tudo começou quando a vereadora Edilene Barrou apresentou a casa seu projeto para a nomenclatura de uma rua que receberia o nome de “Alameda dos Advogados” em homenagem as profissionais. Neste momento o vereador Arivaldo de Rezende “Vardo da Lotérica” questionou se o nome pertencia a uma pessoa já falecida ou ainda viva.

Esse nome que vossa excelência esta botando é de uma pessoa já falecida?”, questionou Vardo. O questionamento só aconteceu pois o vereador não sabia se Alameda era uma pessoa ou oque era de fato.

Em resposta a vereadora e um outro parlamentar disseram a ele que tratava-se apenas de um nome em homenagem aos advogados que seria dada a rua, mas ele retrucou de forma dura os colegas. “Eu não quero saber de OAB não, advogado fica na área dele e eu aqui no meu, e eu não vi advogado dando nada a ninguém até hoje”, enfatizou Vardo.

Após um momento a colega voltou a explicar para ele do que se tratava o projeto e o nome dizendo que, “não necessariamente tem que dar o nome de uma rua a uma pessoa morta”, mas os argumentos dela não convenceram Vardo que novamente retrucou dizendo que, “a lei federal exige sim que a pessoas esteja morta. A pois a senhora tá uma – Psicola boa – e pra coce meu voto é contra”, gritou.

Como já era de se esperar, o vídeo foi parar na internet e até num programa jornalístico de Tv no estado e virou a piada Politica da semana em Sergipe.

Alameda

O termo “Alameda” é utilizado para classificar uma rua que se caracteriza por apresentar uma importante quantia de arvores. Seu nome vem do álamo, um tipo de arvore. As alamedas estão densamente povoadas por arvores e dedicadas principalmente ao trânsito de pessoas e como espaço de convivência. Para dar um exemplo claro, poderia se dizer que a Rua Gonçalo de Carvalho em Porto Alegre, declarada a rua mais bonita do mundo, é uma alameda (http://fotografia.folha.uol.com.br/galerias/4466-rua-mais-bonita-do-mundo). Uma rua povoada por arvores, onde os de um lado se emendam com os arvores do outro lado da rua. Se diferencia claramente do conceito de avenida pelas dimensões.

Não se sabe, porém se a rua em questão que receberá o nome discutido se encaixa na descrição do seria uma alameda ou trata-se puro e simplesmente de uma rua comum.

OAB 

Em nota, a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB)ao mesmo tempo em que agradeceu a vereador pelo projeto, repudiou Varda pelo que eles trataram como ignorância do bo legislar em virtude do desconhecimento do preposto.

NOTA PÚBLICA

A Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional de Sergipe vem, por meio desta nota pública, manifestar efusivo agradecimento pela distinta homenagem outorgada pela Câmara Municipal de Vereadores de Itabaiana/SE aos advogados e advogadas consistente na denominação dada à via pública local onde está sediada a nova sede regional da OAB/SE designada “Alameda dos Advogados”.

Grata aos vereadores pelo tributo concedido, a OAB/SE destaca a vereadora Edilene Barros dos Santos, pela propositura do referido projeto de lei municipal aprovado pela Câmara de Vereadores e registra congratulações pela postura adotada.

Por oportuno, em nome dos valorosos advogados e advogadas de Sergipe, a OAB/SE lamenta e repudia profundamente as desrespeitosas declarações mal articuladas pelo Senhor Vereador Arivaldo Rezende, popularmente conhecido como “Vardo da Lotérica”, quando, ao proferir seu voto contrário ao Projeto de Lei que denominou “Alameda do Advogado” a via pública em que está edificada a nova sede da regional da OAB/SE, tentou, de maneira estéril, macular os advogados.

O linguajar insultuoso empregado pelo senhor vereador, embora inconciliável com o decoro exigido dos parlamentares, em nada diminui a honorabilidade dos advogados e advogadas, tampouco a grandiosidade e simbologia da grata homenagem prestada pela Câmara Municipal aos causídicos, notadamente, porque o senhor edil demonstrou pleno desconhecimento do assunto votado e da elevada função social exercida pelos advogados e advogadas que, em seu ministério privado, por imperativo constitucional e legal, são indispensáveis à administração da Justiça, e são defensores do Estado Democrático de Direito, dos direitos humanos e garantias fundamentais, da cidadania, da moralidade e da paz social.

Por fim, registre-se, mais uma vez, os solenes agradecimentos à Câmara de Vereadores de Itabaiana/SE pelo prestígio da grandiosa homenagem prestada aos advogados e advogadas, ficando certo de que esta foi recebida com louvor e gratidão pela classe advocatícia.

Aracaju, 26 de fevereiro de 2016.

Henri Clay Andrade

Presidente da OAB/SE