Ouvir com webReader

Dos 256 candidatos registrados em Sergipe para participar da disputa eleitoral deste ano, 26 são milionários, de acordo com as declarações apresentada ao Tribunal Regional Eleitoral. Apenas um deles é candidato a governador. É o empresário Betinho, do PTN, que declarou bens que somam R$ 1,3 milhão. Entre os candidatos ao Senado, apenas a senadora Maria do Carmo (DEM) e seu primeiro suplente, Ricardo Franco (PTB), declararam possuir patrimônio que supera R$ 1 milhão. No caso dela, os bens somam R$ 2,4 milhões. Já ele declarou R$ 214 milhões em bens.

CANDIDATOS
FOTO: BRASIL 247

Entre os postulantes a deputado federal, oito candidatos apresentaram declarações milionárias. Raimundo Guimarães, o Peixe, do PPS, possui a maior declaração neste grupo: R$ 2,2 milhões. Aparecem na lista o vereador Emerson Ferreira (PT), com renda de R$ 1,07 milhão; o empresário Adierson Monteiro (PSDB) com R$ 1,4 milhão; o ex-superintendente de Transporte e Trânsito da capital, Antônio Samarone, com bens que somam R$ 1,4 milhão; o ex-deputado Bosco Costa (PROS), com patrimônio declarado de R$ 1,5 milhão; Lauro Rocha (PSDB), com bens que somam mais de R$ 1 milhão e o ex-secretário da Fazenda da capital, Nilson Lima (PPS), com R$ 1,2 milhão. Dos atuais parlamentares federais, somente Laércio Oliveira (SDD) aparece na lista, com patrimônio declarado de R$ 1,1 milhão.

Já entre os candidatos a deputado estadual, oito políticos que já exercem o mandato e disputarão a reeleição apresentaram declarações de bens que superam R$ 1 milhão. São eles: Francisco Gualberto (PT) – R$ 1,2 milhão; Gilson Andrade (PTC) – R$ 2,1 milhão; Zezinho Guimarães (PMDB) – R$ 1,2 mi; Goretti Reis (DEM) – R$ 1 milhão; Luiz Mitidieri (PSD) – R$ 4 milhões; Garibalde Mendonça (PMDB) – R$ 2,2 milhões; Paulinho da Varzinhas (PT do B) – R$ 1,5 milhão, e Zeca da Silva (PSC) – R$ 3 milhões.

Outros candidatos com patrimônio superior a R$ 1 milhão que disputarão um mandato de deputado estadual são Edmilson Batista Barros, o “Coronel Barros”, do PTC – R$ 1,3 milhão; Edney Caetano (PSB) – R$ 1,8 milhão; Fernando Medau (PSDB) – R$ 1,5 milhão; o deputado federal Almeida Lima (PMDB) – R$ 1,9 milhão; o ex-superintendente da Caixa, Luciano Pimentel (PSB) – R$ 1,4 milhão; o ex-conselheiro Reinaldo Moura (PSC) – R$ 2 milhões, e Vanderbal Marinho (PTC) – R$ 1,7 milhão.

A soma de toda a riqueza declarada de apenas esses 26 candidatos soma o montante de R$ 259 milhões.

INFO: Valter Lima, do Sergipe 247