Será realizado nesta terça-feira, (4) no município de Umbaúba, no extremo sul sergipano, o Seminário de Fortalecimento do Programa de Transferência de Renda e Geração de Cidadania ‘Mão Amiga’.

Todos os municípios que possuem agricultores familiares beneficiados pelo auxílio receberão os seminários. Nos eventos, eles serão informados e orientados sobre o programa, sobre outros benefícios públicos e sobre o desenvolvimento do cultivo da laranja no campo. A presença dos trabalhadores é pré-requisito para a continuação deles no programa.

O evento que será realizado no Espaço El-Shadday, localizada no Largo do Rotary a partir das 13h e contara com a presença do Governador do estado Jackson Barreto. Se o beneficiário não puder comparecer, deve enviar um membro da família munido da carteira de identidade da pessoa que está cadastrada para resgatar o benefício.

O Programa Mão Amiga é um programa de transferência de renda, idealizado pelo governo, desde 2009, que estava esquecido. O programa tem como objetivo promover, durante os períodos de entressafra, a transferência de renda aos trabalhadores rurais que cultivam laranja e cana-de-açúcar. O cultivo de laranjas é uma das principais atividades econômicas que impulsionam o município de Umbaúba e o estado, gerando emprego e renda aos homens e mulheres do campo. Apenas nesta última edição (de dezembro de 2016 a março de 2017), 4.448 plantadores de laranja dos 14 municípios cadastrados já foram beneficiados.

Renda

Em execução desde 2009, o programa da Seidh consiste no pagamento de quatro parcelas no valor de R$ 190 às famílias de produtores que estejam inscritas no ‘Cadastro Único’ do Governo Federal para benefícios em programas sociais. As parcelas são pagas como complementação de renda durante a entressafra da citricultura e da cultura da cana de açúcar.

A iniciativa é uma parceria da secretaria com a Empresa de Desenvolvimento Agropecuário de Sergipe (Emdagro), Sindicato dos Trabalhadores Rurais e Secretarias Municipais de Assistência Social.