A palavra de ordem na terceira noite de seções da Câmara Municipal de Umbaúba foi a ´´Segurança Pública“ no município. De um lado os que acusam a gestão de se omitir sobre o assunto, do outro lado os que defendem que o gestou nada pode fazer para mudar essa situação e no meio de tudo isso, o povo que aguarda ansiosamente o dia em que poderão perceber essas mudanças.

CÂMARA
VEREADOR RENATO DE CARECA NO USO DA TRIBUNA NA SESSÃO DO DIA 25/02/14

Na semana passada comentários surgidos nas redes sociais depois de alguns crimes de roubo registrados na cidade e divulgados pelo Portal Alarde gerou uma disputa postagens e comentário ligados a segurança pública antes invisível no município. Os comentários entre apoiadores políticos dos dois lados em sua maioria, entregavam a responsabilidade aos chefes partidários das duas vertentes.

No discurso dos vereadores de oposição o gestor municipal teria a obrigação de intervir promovendo maior segurança aos munícipes. Para eles o gestou estaria fazendo pouco ou nada sobre o assunto. ´´ Se ele esta enviado oficio solicitando melhorias na questão da segurança pública do nosso município, que ele mande os ofícios como prova“, disse em seu discurso um dos vereadores da oposição na câmara.

Na outra vertente politica, a situação afirma que o gestor já esta fazendo o que é possível a ele para tentar sanara os casos de inseguridade que estão acontecendo com maior frequência no município. Como defesa de seu ponto de vista um dos membros de situação citou um dos textos do Portal Alarde quando em conversa com o Delegado da Policia Civil no município ouviu dele que ´´ a situação estaria péssima e que para ficar ruim ele precisaria de 05 agentes civis além do apoio ao efetivo da Policia Militar“.

Em outra fala outro membro da situação defendeu a gestão usando como base a falta de efetivo em todo o estado, que é por lei o responsável pela segurança pública no território. ´´ um concurso público para a PM irá empossar 620 agentes policias e no mesmo ano 680 irão se aposentar, como é que o efetivo poderá ser aumentado garantido mais segurança por parte do governo“, ponderou em seu discurso o vereador.

Insegurança

Nos primeiros dois meses do ano o Portal Alarde acompanhou e noticiou 04 casos de morte por assassinato no município, 02 caso de estupro, 02 assaltos a mão armada a pedestres e um assalto a banco que culminou na destruição da agendo do BB de Umbaúba após o uso de explosivos em um caixa eletrônico.

Em contra partida a delegacia civil no município conta apenas com 03 agentes incluindo o delegado e na Policia Militar o mesmo numero para efetuar as rondas no município de 23 mil habitantes.