Ouvir com webReader

Após as denuncias veiculadas na reportagem do jornalista investigativo Roberto Cabrini através de seu programa Conexão Repórter, do SBT, Rivanda Batalha (PSB), prefeita de São Cristóvão, renuncia ao mandato. Rivanda renunciou depois das denúncias veiculadas que mostraram que o município sofreu fraudes na merenda escolar.

RIVANDAEm entrevista ao portal de noticias do G1, Rivanda Batalha (PSB), disse que renunciou apenas para colaborar com as investigações da Justiça. “Não faço parte da quadrilha que se instalou em Sergipe e quero ajudar na celeridade das investigações. Tenho plena consciência que nada tenho a dever. Coloco à disposição da Justiça todos os meus dados bancários, fiscais, sigilo telefônico ou qualquer medida que possa colaborar com a elucidação dos fatos”, garante.

Batallha apresentou a carta de renúncia um dia após o escândalo de corrupção envolvendo as licitações da merenda escolar dos municípios de Nossa Senhora do Socorro e São Cristóvão. O suposto esquema de corrupção era feito entre empresas e com envolvimento de servidores públicos no processo licitatório das prefeituras.

“As denúncias deixam clara a existência de conluio entre empresários para fraudar licitações, o que, lamentavelmente, atinge mais de 30 municípios sergipanos, vitimando também o município de São Cristóvão”, disse a prefeita.

Antes de entregar carta de renúncia, Rivanda desligou o pregoeiro Marcos Muniz das suas atividades e suspendeu o processo de licitação, inclusive os pagamentos e fornecimento de qualquer produto ou serviço.

A prefeita disse ainda que vai adotar as providências jurídicas e mover as ações necessárias em face do empresário Celio França, diante das calúnias praticadas, inclusive sem qualquer prova das alegações. “Me comprometo a colaborar com o Ministério Público e com o Poder Judiciário nas investigações e nos desdobramentos processuais das ocorrências que foram veiculadas na imprensa”, afirmou

Assumirá o mandato o vice-prefeito Jorge Eduardo.

o.