Agentes federais detiveram na tarde de ontem, 4, dois ocupantes em um veículo adulterado e com restrição de roubo. O fato ocorreu no Km 199 da BR 101, em Cristinápolis/SE.

Uma equipe PRF realizava o trabalho de patrulhamento ostensivo da rodovia quando se deparou com um veículo Fiat/Strada, com placas da Bahia, que tinha fugido de uma tentativa de abordagem policial na BR 235 no dia 17 de fevereiro deste ano. Os policiais imediatamente deram ordem de parada ao condutor, solicitando a documentação dele, da passageira e do veículo. O homem apresentou um CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo) com indícios de adulteração e após consulta ao banco de dados utilizado pela PRF, os agentes federais descobriram que o documento era falso. Durante inspeção ao veículo, os policiais encontraram vários indícios de adulteração, e em nova consulta ao sistema, verificaram que as placas de identificação do veículo eram clonadas e que na verdade eram daqui de Sergipe. O carro possuía um registro de roubo do dia 21 de fevereiro de 2017, na cidade de Aracaju/SE.

Questionado sobre a procedência do veículo, o condutor disse que pertence a sua mãe, passageira. Ela, por sua vez, disse que o comprou de um homem há duas semanas, mas mesmo tendo pago a metade do valor do veículo, nunca recebeu o recibo ou o documento do carro. O condutor é reincidente pelo crime de receptação, quando foi preso no fim do ano passado por conduzir um outro veículo que também possuía registro de roubo.

A mãe, passageira de 45 anos, e o filho, condutor de 25 anos, foram detidos e juntos com o veículo foram encaminhados à sede da Polícia Federal, em Aracaju/SE.