Era mais um menos 20hs quando com as arquibancadas da área coberta da praça de eventos lotadas as 12 participantes do Concurso de Rainha Junina de Umbaúba em sua versão 2017 (assim anunciou a nova gestão) subiram a passarela para dar inicio a disputa que elegeria a nova dona do trono junino até 2018. A expectativa era grande a ponto de fazer com que a praça recebesse o maior público dos últimos 06 anos, tempo em que o Portal Alarde acompanha a disputa.

A expectativa era geral principalmente depois que murmurou-se nas vielas da cidade que “Nenhum vestido poderia pertencer à coleção de Paco”. Tradicionalmente, o artista local era o responsável por paramentar as participantes do concurso e isso gerou certo desconforto entre participantes, público e diretores de escolas que chegaram ao estremo de anunciar sua retirada. Dentro do bom senso e utilizado de sua inteligência (coisa que demonstrou possuir) sobre seu ímpeto, revogou-se tais disposições e prosseguiu-se a contenda com os belos trajes do figurinista dando a beleza necessária ao evento. Como disse o meu amigo Nino Fortunato em seu belo texto postado em seu perfil no Facebook, “Vitória para aqueles que lutaram, uma segunda chance para aquelas que já tinham desistido”. (Leia o texto de Nino Fortunato Clicando neste link).

Ao final das grandes apresentações que maravilharam aos olhos de que se apertava no espaço pequeno da cobertura, o resultado final elegeu a rainha e duas princesas juninas com a seguinte pontuação.

Nome Entidade Pontos
Xaiane dos Santos SCFV 347
Gabriella Guimarães São Salvador 341
Maria Beatriz Garcia Filho 337

 

Veja a seguir algumas imagens da noite festiva.