As coisas não parecem andar as mil maravilhas entre o governador Jackson Barreto (PMDB), é o Fabio Henrique quando o assunto é a corrida pela cadeira de prefeito na capital sergipana, Aracaju.

Mesmo com o rompimento, Jackson não vinha aconselhando aliados a não apoiar o deputado federal Valadares Filho (PSB), pré-candidato a prefeito de Aracaju, mas ascoisas parece ter mudado.

Com a chegada dos Amorim, cuja aliança deve ser confirmada nos próximos dias, Jackson se apressou a mandar o seguinte recado para Fábio Henrique, do PDT, e Heleno Silva, do PRB: tomará todos os cargos do governo que estejam sendo ocupados por quem apoiar Valadares Filho.

Heleno foi o primeiro a entender o recado: levou Edvaldo Nogueira (PCdoB) e Padre Inaldo (PCdoB), candidatos de Jackson, respectivamente, em Aracaju e Nossa Senhora do Socorro, para evento gospel no último sábado.

Como NE Notícias informou no início da manhã desta segunda-feira, 25, Jackson manda dizer a Fábio Henrique e Heleno Silva que tomará cargos do governo se apoiarem Valadares Filho.

Fabio Henrique, prefeito de N. Sra. Do Socorro e presidente do PDT em Sergipe parece não esta muito afim de discutir o assunto e continuará no apoio a Valadares Filho. Que terá como companheiro de chapa o deputado estadual Pastor Antônio (PSC), grupo ligado a Amorim e André Moura. Fábio Henrique parece não se mostrar preocupando, nem mesmo em perder a “Secretaria de Turismo e Esportes e Lazer”.

A aliados mais próximos, Fábio lembra que ouviu de Jackson, ao ser informado sobre o apoio a Padre Inaldo (PCdoB), seu adversário, em Nossa Senhora do Socorro, que “as eleições municipais não poderiam interferir na aliança estadual”.

Neste sábado, (23) Fabio Henrique esteve em Umbaúba para o lançamento oficial da Pré-candidatura de Humberto Maravilha (PMDB) com quem fechou aliança politica e durante discurso disse que, “só uma pessoa pode dizer quem o PDT apoia ou deixa de apoiar, essa pessoa é ele”, afirmou.