Um equipamento de som de uma igreja evangélica foi apreendido pela Polícia Militar do Estado de Sergipe através do Pelotão de Polícia Ambiental (PPAmb), neste domingo, 16/02. O fato aconteceu na Barra dos Coqueiros.

BARULHO
Foto: PM/Se

Era por volta das 20h, quando a PM se dirigiu à Rua 15, do bairro Marivan, em cumprimento à ordem de serviço de ação requisitada pelo Ministério Público Estadual. No local, durante o culto e a polícia verificou que estavam utilizando equipamentos sonoros com volume abusivo.

Com o ocorrido, a guarnição procurou o responsável pela igreja, mostrando-lhe toda a documentação oriunda do MP e provando que o templo já é objeto de uma ação civil do próprio Ministério. Além do documento, foi apresentado ainda um abaixo-assinado com assinaturas de dezenas de pessoas que se sentiam prejudicadas pelo referida espaço.

Os policiais esclareceram que a igreja deveria procurar a ADEMA, órgão competente para expedir o alvará de utilização sonora e outras licenças, já que o local, pelo tipo de atividade, é potencialmente poluidor e tem que se adequar à legislação, inclusive fazendo tratamento acústico em suas dependências. O responsável foi conduzido à Delegacia Plantonista em decorrência do flagrante de contravenção penal por perturbação do sossego e vai responder pela contravenção prevista no artigo 42 da Lei 3688/42.

INFO: jornal da cidade