Ouvir com webReader

A presidenta Dilma Rousseff não estaria conseguindo fechar a lista dos cortes que precisam ser feitos no orçamento para tentar ajustar as contas do governo. Segundo a coluna Painel da jornalista Vera Magalhães da Folha de São Paulo, a culpa disso é a sua relutância em em se desfazer de alguns dos programas sociais que são a base do seu governo.

DILMAA coluna afirmou que nas tentativas de ajuste feitas durante todo o final de semana , Dilma se mostrou inflexível e determinada em preservas os programas sócias. A presinete não admite reduzir as dotações que foram disponibilizadas para estes programas, mesmo para aqueles que aparentam ter menor importância aos olhos da maioria.

Na avaliação de alguns dos ministros que participaram das reuniões isso é o que está impedido de se chegar ao corte de R$ 20 bilhões definido como meta mínima de corte para que o anuncio possa ser considerado robusto o suficiente.

Um dos ministros da área social que passaram o fim de semana tentando fechar a meta de corte alertou para o perigo de uma reação extrema dos movimentos sociais ao que promete ser o maior golpe de austeridade já promovido, segundo o ministro.