Durante revista para visita íntima no Complexo Penitenciário Manoel Carvalho Neto (Copemcan), uma mulher foi presa acusada de tráfico de drogas. Ela tentava entrar na unidade prisional com um maço de maconha prensada na vagina. A ocorrência foi registrada na manhã do sábado, 20.

A droga foi encontrada quando a mulher passou pelo detector de metais e este apitou. Ela chegou a dizer que o aparelho estava com defeito, ao ser questionada pela agente prisional, mas acabou entregando o pacote, que estava dentro de um preservativo. A acusada admitiu que  a droga era para o companheiro e afirmou ter sido acusada de morte por ele, caso se recusasse a levar o material.

A mulher foi autuada em flagrante delito por tráfico de drogas e conduzida à Delegacia Plantonista Sul.