[dropcap]O[/dropcap] clima de revolta e tensão tomou conta de um povoado na zona rural de Nossa Senhora Aparecida, no agreste de Sergipe no ultimo domingo, 05/10. Uma jovem teve o pai assassinado e sofrei o segundo estupro provocado pelo mesmo individuo no interior sergipano. O crime aconteceu na manhã do domingo, 05/10.

Duplo-assassinatoSegundo informações, o caso ocorreu na manhã deste domingo, dia 05, no povoado Cruz das Graças, zona rural de Nossa Senhora Aparecida (SE), quando o ex-presidiário que não teve a identidade revelada estuprou uma jovem de 20 anos, assassinou a tiros o pai da mesma, o senhor Paulo de Sena Santos, 61 anos e fugiu levando ela e a mãe como reféns.

O crime foi cometido 5 anos após o assassino e estuprador ter cumprido cinco anos de prisão, suspeito de crime de estupro contra a mesma jovem em 2009. O homem consegue o benefício da liberdade condicional e retorna para se vingar da vítima e da família.

As vítimas seguiam para votar na sede do município quando foram atacados pelo criminoso. Já no início da tarde o suspeito libertou as duas mulheres e depois fugiu por uma área de mata.

Cerca de 50 policiais militares e civis, com apoio do Grupamento Tático Aéreo (GTA) se deslocaram para a região, onde foram realizadas buscas para capturar o suspeito. Na fuga, o ex-presidiário que não teve a identidade divulgada, efetuou vários disparos contra os policiais.

As vítimas foram encaminhadas para o Instituto Médico Legal Dr. Augusto César Leite, em Aracaju (SE), para a realização de exames, enquanto as diligências permanecem para tentar prender o suspeito.

O corpo do senhor Paulo de Sena Santos, 61 anos, chegou ao IML as 19h10 para ser autopsiado e consequentemente liberado para sepultamento.