Nicanor Moura Neto, de 67 anos, morreu no Hospital São Lucas na capital sergipana onde estava internado desde o final da tarde desta terça-feira, (17) após ter sido baleado  por um homem que roubou seu carro.

Nicanor era servidor público aposentado, trabalhou como coordenador da Defesa Civil da capital sergipana e estava na Piabeta, em Nossa Senhora do Socorro, cidade metropolitana onde tinha ido levar doações ao projeto social que trabalha com crianças carente, a Creche Almir do Picolé.

Enquanto conversava com uma mulher do projeto, um individuo trajando bermuda e camiseta vermelha rendeu os dois e anunciou  assalto e pediu as chaves do veiculo que ele estava e onde estavam as doações. Tentando ganhar tempo, Nicanor jogos as chaves do carro no chão e tentou argumentar com o ladrão como mostram as imagens no vídeo das câmeras de segurança.

Nicanor seguiu o ladrão até o veiculo e ao encostar na porta foi alvejado por dois tiros disparados pelo assaltante e que acertaram a vítima no peito e no pé. Após os disparos, o ladrão e assassino fugiu do local levando o veículo da vítima, mas perdeu o controle do carro e colidiu no muro de uma residência próximo ao local dos disparos onde abandonou o veículo e fugiu correndo a pé. A vítima foi socorrido pelo Serviço Móvel de Urgência – SAMU e foi encaminhado ainda com vida para o Hospital São Lucas, mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

O latrocínio (roubo seguido de morte) vai ser investigado pela  Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos (DRFV) sob o comando do delegado Hildemar.