seupereira_fantastico
seu pereira/Foto: Reprodução – Fantastico

Faleceu na ultima terça-feira, 23/09, em decorrência de falência múltipla de órgãos o funcionário público mais velho do Brasil. Aos 100 anos de idade ele tinha e aposentado a mais de 40 anos, ele prestava serviços e ainda dirigia aos 99.

Aos 100 anos de idade, João Pereira dos Santos, o Seu Pereira, ostentava com orgulho o titulo de “Funcionário público mais idoso do país”. Aposentado pela Câmara há 45 anos, ele trabalhava como prestador de serviço no Ministério da Justiça há quase 40 como recepcionista da portaria privativa do ministro José Eduardo Cardozo.

Em nota, o ministério lamentou a morte de Seu Pereira que estava internado no Hospital Santa Lúcia há uma semana para tratar de uma infecção respiratória.

Seu Pereira

Nascido em 10 de junho de 1914 em Propriá, Sergipe, vivia em Brasília desde 1960. Casado há 40 anos com a segunda esposa, deixou quatro filhos, netos e bisnetos. “Eu amo a vida”, disse ele em entrevista ao repórter Marcelo Canellas, para o Programa Fantástico, no ano passado.

 

SEU PEREIRA

Seu Pereira atribuiu sua vitalidade ao peixe, seu prato favorito, e à leitura, seu hobby.  “Gosto da vida, gosto das pessoas”, acrescentou. Leitor compulsivo, era chamado carinhosamente de “Datapereira” e “Pelé do funcionalismo” pelos colegas. Aos 99 anos, ele dirigia o próprio carro de casa até o serviço.

Leia a nota de pesar do Ministério da Justiça:

“Brasília, 23/9/14 – O Ministério da Justiça lamenta o falecimento do servidor público mais antigo do Brasil. João Pereira dos Santos, conhecido como Seu Pereira, faleceu na tarde desta terça-feira (23) aos 100 anos de idade.

Nascido em 10 de junho de 1914, Seu Pereira estava aposentado pela Câmara dos Deputados, mas continuava na ativa como prestador de serviço no Ministério da Justiça há 39 anos. Atualmente ele tomava conta da recepção da portaria privativa.

“Eu trabalho para não ficar em casa”, dizia Seu Pereira. Sergipano de Propriá, ele se mudou para Brasília em 1º de maio de 1960. Casado há mais de 40 anos com a segunda esposa, o servidor público que esbanjava carisma deixa quatro filhos, netos e bisnetos.

Neste momento de dor, os servidores e os funcionários do Ministério da Justiça se solidarizam com os familiares e amigos de Seu Pereira.”