Os apresentadores Luciano Huck e Angélica e seus três filhos estão em ala reservada da Santa Casa de Campo Grande. Eles foram submetidos a exames após o avião em que estavam fazer um pouso forçado em uma fazenda a cerca de 30 km de Campo Grande. Todos passam bem.

avião logo após o pouso forçado/ Foto: divulgação
avião logo após o pouso forçado/ Foto: divulgação

Eles voltavam de gravações do programa Estrelas no Pantanal de Mato Grosso do Sul. O piloto comunicou a torre do aeroporto às 10h52 de que estava com problema.

Segundo a diretora técnica do hospital, Priscila Alexandrino, os três filhos do casal estão na ala pediátrica. Os dois meninos fazem tomografia. Um deles reclama de dor de cabeça e teve ferimentos no rosto.

Angélica chegou ao hospital em uma maca e Huck caminhando com dificuldades. A apresentadora teve fratura na bacia e o marido, em uma das vértebras. As babás foram as vítimas que sofreram menos ferimentos.

Avião com Angélica e Luciano Huck faz pouso forçado em MS (Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros)
Avião com Angélica e Luciano Huck faz pouso forçado em MS (Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros)

Atendem a família e as duas babás profissionais da neurologia, cardiologia, clínica geral e pediatria. A pedido do casal, a Santa Casa avalia transferência para o hospital Albert Einstein, em São Paulo, situação que depende dos resultados dos exames.

O copiloto Osmar Frattini, de 52 anos, foi socorrido por helicóptero da Força Aérea e levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Universitário. Segundo a família, ele é piloto há 14 anos.

Angélica está com equipe no Pantanal de Mato Grosso do Sul para gravar temporada especial de Estrelas (veja fotos e leia mais abaixo).

Angélica mostra o look do primeiro dia de gravações (Foto: Gabriel Nascimento/Gshow)
Angélica mostra o look do primeiro dia de gravações (Foto: Gabriel Nascimento/Gshow)

COMO FOI O ACIDENTE
De acordo com o Corpo de Bombeiros e com a Aeronáutica, o pouso forçado ocorreu em uma propriedade nas imediações da rodovia MS-080, na saída para a cidade de Rochedo.

A aeronave tinha decolado de Estância Caimam, em Miranda, perto de Bonito, e seguia para Campo Grande.

Perto da aproximação para o pouso, às 10h52, o piloto avisou à Torre de Controle em Campo Grande que estava em situação de emergência e que faria pouso forçado.

Helicóptero foi usado no resgate de feridos; copiloto foi levado para UPA. (Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)
Helicóptero foi usado no resgate de feridos (Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)

RESGATE DOS FERIDOS
O Coronel Hudson Farias de Oliveira, do Corpo de Bombeiros, informou que os feridos foram levados em quatro carros dos bombeiros e ao menos um deles foi resgatado de helicóptero.

Segundo o coordenador do Samu, Eduardo Cury, o copiloto foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Universitária.

MODELO DO AVIÃO
Segundo a Aeronáutica, o avião envolvido no acidente é um Embraer, modelo 820C, matrícula PT-ENM. A aeronave pertence à empresa MS Táxi Aéreo.

O avião estava com a documentação regular, segundo registros disponibilizados no site da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). A inspeção anual de manutenção tinha validade até 12 de junho de 2015.

INVESTIGAÇÃO
Um helicóptero da Base Aérea de Campo Grande foi enviado para apoiar nos trabalhos e acompanhar a investigação. No fim da manhã, técnicos do Quarto Serviço de Prevenção e Investigação de Acidentes (SEPIPA 4) já foram deslocados para realizar a perícia e conduzir as apurações.

Embraer 820 (Foto: Divulgação/Embraer)
Modelo Embraer 820, do mesmo tipo que fez pouso forçado em MS (Foto: Divulgação/Embraer)

GRAVAÇÕES DE ESTRELAS
A apresentadora Angélica e a equipe estavam em Mato Grosso do Sul  para realizar gravações para o programa Estrelas, da TV Globo. De acordo com o GShow, a apresentadora grava nova temporada especial no Pantanal.

A produção levou convidados para apresentar receitas locais, realizar safári fotográfico e conduzir apresentações musicais. Rodrigo Simas, Daniel Rocha, Cristiano Araújo, Munhoz & Mariano foram alguns dos convidados.

Nas redes sociais, o casal registrou a viagem. Angélica publicou em sua conta no Instagram que estava a caminho de gravações no Pantanal na terça-feira (19). “Partiu!”, escreveu.

Acompanhando Angélica, Luciano Huck publicou fotou da apresentadora no Pantanal na sexta-feira (22). “Minha pantaneira”, brincou. E no sábado (23), o apresentador colocou no ar um vídeo da paisagem do local. “Que lugar lindo”, afirmou.

A Central Globo de Comunicação divulgou uma nota sobre o ocorrido:

“Luciano Huck, Angélica e filhos estão bem após pouso forçado de avião que vinha do Pantanal
O avião turbo-hélice Carajá que trazia do Pantanal, essa manhã, o apresentador Luciano Huck, a apresentadora Angélica e os filhos precisou fazer um pouso forçado nos arredores de Campo Grande. A família passa bem e foi levada para exames num hospital da capital do Mato Grosso do Sul.

O avião saiu da Fazenda Caiman, no Pantanal, às 9h e, em seguida, fez um pouso forçado num pasto a cerca de 30km de Campo Grande. Levada para um hospital da cidade, a família está bem, em observação e deve seguir hoje ainda para São Paulo.”

Angélica tirou foto e publicou no Instagram no dia da partida da viagem, terça-feira (19) (Foto: Reprodução/Instagram)
Angélica tirou foto e publicou no Instagram no dia da partida da viagem, terça-feira (19) (Foto: Reprodução/Instagram)
Pouso forçado Angélica Huck (Foto: Arte/G1)