Ouvir com webReader

Muita gente já deve ter assistido ao filme “O Virgem de 40 Anos”, em que o personagem de Steve Carell vive altas aventuras na busca de sua primeira relação sexual. E se essa história tivesse um paralelo no mundo real, você já imaginou como seria?

O escocês Mohammed Abad sabe muito bem como é essa realidade, mas a história da vida dele tenderia muito mais para o drama do que para a comédia estrelada por Carell. Aos seis anos de idade, Abad foi atropelado e arrastado por quase 200 metros. O acidente resultou na perda completa de seus órgãos sexuais.

Mohammed Abad contou sua história em 2011, no programa “Embarassing Bodies”

Há quatro anos, Abad resolveu abrir sua intimidade e contar sua história no 100º episódio da série “Embarassing Bodies” (ou “Corpos Embaraçosos”, em tradução livre). Ele falou sobre o acidente e sobre as primeiras cirurgias de reconstrução, que apenas foram capazes de implantar um pênis para ele urinar. Veja uma imagem desse órgão clicando neste link – não aconselhamos abrir no trabalho, por motivos óbvios.

A vida agora parece ter dado uma nova chance a Abad: aos 43 anos, ele acaba de receber o implante de um pênis biônico que pode chegar a 20 cm! Depois de 37 anos sem, ele ganhou um membro de respeito, não é mesmo?

Para a operação, Abad passou três anos em hospitais e cirurgias preparatórias até estar apto à mudança final. O novo pênis foi moldado com enxertos de pele de seu braço e para ele ficar ereto o homem precisa aperta um botãozinho em seu saco escrotal até o membro encher de um fluido colocado em sua barriga.

O pênis biônico funciona com um botão de “liga e desliga” instalado no saco escrotal que bomba o fluido de uma bolsa inserida na barriga do paciente

Após a relação sexual, basta apertar o botão novamente e o órgão sexual volta ao seu estado de repouso. A cirurgia que transformou sua vida durou 11 horas e foi feita na Universidade de Londres, na Inglaterra, no final de julho. Agora que possui um pênis funcional, Mohammed Abad está em busca de sua primeira relação sexual.

Há dois anos, Abad chegou a se casar com uma mulher, tendo escondido dela sua condição. Ela o abandonou quando soube que ambos não poderiam ter relações – ou até mesmo filhos. O rapaz agora sonha em constituir uma família e ser pai de duas crianças.