Ouvir com webReader

O prefeito municipal de Nossa Senhora do Socorro Fabio Henrique (PDT-12) anunciou nesta segunda-feira (14) o corte de 20% nos salários do prefeito, Vice-prefeito, secretários e secretários adjuntos do município além da extinção de algumas secretarias e com elas os cargos comissionados. O salario do prefeito de N. S do Socorro é de R$ 26 mil, sendo o segundo maior pago a um chefe de executivo municipal no estado e que com a redução cairá para R$ 20,8 mil “apenas”.

Prefeito-Fábio-HenriqueEssa e outras medidas foram apresentadas pelo prefeito Fábio Henrique em uma reunião com todos os secretários, na tarde dessa segunda (14). Segundo ele, as medidas visam definir as alternativas que garantam os serviços prestados aos socorrenses e o pagamento do funcionalismo no final do mês.

“Nesse momento de crise, temos que ser criativos e tentar penalizar o mínimo a população. Entendo que esse é um momento passageiro e que preciso do apoio de todos os colegas para continuarmos a fazer o melhor para os socorrenses”, disse Fábio Henrique.

O prefeito disse ainda que Nossa Senhora do Socorro, município que tem se destacado pelo pagamento do salário do servidor dentro do mês trabalhado e pelo lançamento e inaugurações de diversas obras, vem sofrendo com os cortes no repasse dos fundos nacionais como o FPM – Fundo de Participações dos Municípios – que só no mês de setembro teve queda de 38% e que isso fez com que a gestão definisse uma série de ações para garantir a qualidade no atendimento e o respeito ao servidor público.

Uma das medidas adotadas pela prefeitura que mais chamou a atenção diretamente foi a extinção Secretaria Municipal da Assistência Judiciária. Com essa medida, a Prefeitura de Socorro deixara de prestar o serviço de advocacia à população socorrense. O prefeito afirmou que essa medida foi tomada atendendo à recomendação do Ministério Público Estadual.

De acordo com a recomendação, deve: extinguir a Secretaria de Assistência Judiciária, exonerar todos os advogados que trabalham nela e deixar de prestar esse serviço à população.

Medidas

Durante a reunião ficou definido o corte de 20% nos salários de prefeito, vice-prefeito, secretários e secretários adjuntos; redução no número de secretarias; redução de 30% dos cargos em comissionados; redução de 30% no consumo de combustível; suspensão de festas e eventos realizados ou apoiados pelo município; e diminuição de gratificações, dentre outras medidas.

“Todas essas medidas têm o objetivo de manter em dia os salários dos servidores”, destacou o prefeito. Nos seis anos e oito meses, a Prefeitura de Nossa Senhora do Socorro tem mantido o pagamento dos salários sempre dentro dos meses trabalhado e tomará as medidas para a manutenção dos serviços públicos, a exemplo da coleta de lixo, da manutenção de medicamentos nas unidades de saúde, da merenda escolar e do transporte das crianças para as escolas. “Estamos fazendo isso para equilibrar financeiramente o município e manter os serviços públicos para a população”, finalizou Fábio.