A Artista Plástica Cybele Ramalho, convida para a Exposição Arte Fantástica – “Natureza Viva”, dia 13/05, às 19 horas na Galeria Zé de Dome (Rua José de Dome, 61 – Farolândia- próximo à UNIT), trazendo a público seu mais novo trabalho. Com o tema  “Natureza Viva”, a artista provoca um alerta ecológico, quando destaca a beleza destas riquezas que estão ameaçadas. Evocando a Anima (alma) das florestas e mangues brasileiros, ela traz a força do elemento Feminino em nova configuração, como uma das manifestações arquetípicas da Grande Mãe-Terra.

A floresta é a principal forma de cobertura vegetal da superfície terrestre, de maior biodiversidade do planeta. Acolhe riquíssima variedade de espécies animais e vegetais, garantindo o equilíbrio ecológico global. É de fundamental importância para a manutenção dos valores naturais e para a melhoria da qualidade de vida das populações. Essencial para a realização da fotossíntese, da qual depende a vida. Fonte de recursos para a produção de bens como madeiras, remédios, alimentos, combustíveis, minerais, e outras matérias primas. Básica para a estabilização do clima, conservação do solo e da água. A destruição das florestas se dá principalmente para a ampliação da agropecuária. A floresta amazônica (considerada o “pulmão” do planeta) está ameaçada, se não for monitorada corretamente a sua devastação.

O mangue, por sua vez, aparece em áreas alcançadas pelas marés, praias, foz de rios, lagoas. O seu solo é uma lama negra, úmida, salgada, rica em nutrientes, onde se apoia sua vegetação por meio de raízes-escoras. O mangue é um ecossistema complexo, dos mais férteis e diversificados do planeta. A biodiversidade ali existente o torna grande berçário natural, para as espécies típicas desse ambiente, animais, aves, peixes, moluscos e crustáceos, que encontram ali as condições ideais para reprodução e abrigo. A destruição de mangues atualmente acontece severamente por desmatamento, aterros para implantação de portos, estradas, agricultura, invasões urbanas e industriais, derramamento de petróleo, lançamento de esgotos, lixo, poluentes industriais, agrotóxicos, pesca predatória, etc.

Consciente de que a contínua depredação de florestas e mangues ameaça indiretamente a qualidade da vida e a sustentabilidade do planeta, a arte de Cybele Ramalho alerta para que haja respeito e reverência a estas belas manifestações da Mãe-Natureza.