Na madrugada desta sexta-feira, 17, um pescador encontrou o corpo do jovem Robson Alves de Sá, 18, que desapareceu no dia 1º deste mês depois de mergulhar no rio São Francisco, na Ilha do Ouro, em Porto da Folha, distante 190 km de Aracaju.
corpo-jovem
O servente de serviços gerais Júlio José dos Santos, irmão da vítima, informou que o jovem não sabia nadar. Mesmo assim, ele subiu no ombro da companheira e pulou no rio. “Ele ainda subiu três vezes pedindo socorro, todo mundo vendo a agonia, mas ninguém sabia nadar e não tinha nenhum bombeiro no local”, conta o irmão.

A família lamenta a falta de estrutura do Corpo de Bombeiro no município de Porto da Folha. “Se tivesse bombeiro lá, tinha salvado muitas vidas”, comentou. O Corpo de Bombeiros foi acionado, segundo Júlio José, e chegou na cidade no dia seguinte, 2 de janeiro. “Fez as buscas durante três dias e nada encontrou”, comentou.

Segundo Júlio José, os familiares decidiram contratar pescadores da região e, na madrugada desta sexta-feira, 17, por volta das 4h, um deles entrou em contato informando que teria encontrado o corpo boiando próximo às margens do rio no lado do Estado de Alagoas.

Pela manhã, a mãe entrou em contato com Júlio José, por telefone, informando que teria reconhecido o corpo. A equipe do Instituto Médico Legal já se deslocou para fazer a remoção do corpo.

INFO: Infonet