DIRETOR DE PRESÍDO É AFASTADO APÓS DENUNCIAS DE CORRUPÇÃO

0
812

Na manhã desta quarta-feira, 24, o secretário de justiça, Antônio Hora Filho, junto ao vice-diretor do Desipe, Hélio Matheus, o Ouvidor Geral da Sejuc, Albério Aragão e o Corregedor Geral, Joselito Ferreira, concedeu uma entrevista coletiva à imprensa, à fim de prestar esclarecimentos quanto as denúncias feitas por mum agente prisional no Cidade Alerta Sergipe, da TV Atalaia, contra servidores do sistema prisional.

secretário de justiça, Antônio Hora Filho/FOTO: Sejuc
secretário de justiça, Antônio Hora Filho/FOTO: Sejuc

Na denúncia, os servidores Agenildo Júnior (Desipe), Manuel Lúcio Neto, Adairton José Nascimento (Cadeião) e Jair Bispo dos Santos (Compajaf), são acusados de envolvimento com corrupção dentro do sistema prisional. O secretário Antônio Hora Filho ao tomar conhecimento das acusações tomou as providências cabíveis junto aos órgãos da Sejuc.

A Corregedoria Geral do Sistema Penitenciário abrirá uma sindicância para apurar as denúncias, sendo assim, a Sejuc solicitará os arquivos utilizados pelo Cidade Alerta Sergipe para investigar o caso. O Desipe estará viabilizando todo o suporte a Corregedoria e suporte para as devidas diligências. O secretário encaminhou também, um ofício à Secretaria de Segurança Pública (SSP), solicitando abertura do inquérito policial para averiguação dos fatos.

Em conversa com o secretário Antônio Hora Filho, os servidores Jair Bispo dos Santos e Adairton José Nascimento, solicitaram a investigação do caso e pediram afastamento dos cargos para que as investigações ocorram da melhor maneira possível.

A Ouvidoria Geral da Sejuc, lembrou que está à disposição da população 24h por dia, para qualquer denúncia, sugestão ou mesmo elogio, no telefone 98802-1100 e através do email ouvidoria.sejuc@sejuc.se.gov.br, além de realizar atendimento também pessoalmente na sede da secretaria localizada na avenida Beira Mar.

     VEJA AQUI o depoimento do agente ao Cidade Alerta Sergipe

Prisão de agentes penitenciários

O secretário também falou sobre a investigação contra os agentes penitenciários presos na última semana, acusados de envolvimento com a venda de remissões de pena. A Secretaria de Estado da Justiça, através da Corregedoria, está empenhada a esclarecer os fatos e punir, caso as acusações sejam confirmadas pelas investigações.

Investimentos

A atual gestão vem trabalhando para o desenvolvimento de uma melhor segurança dentro do sistema prisional. A Sejuc instalou 42 aparelhos de Raio X nas unidades prisionais sergipanas, entre eles 4 portais eletrônicos e outros equipamentos como esteiras e raquetes detectoras de metais. Para o manuseio desses equipamentos, a secretaria tem oferecido cursos de capacitação aos servidores que trabalham nas portarias dos presídios realizando o trabalho de revistas.

Esse investimento tem possibilitado uma revista mais humanizada aos familiares dos presos, além da valorização dos agentes penitenciários ao tornar o trabalho mais seguro.

Ainda este ano, duas unidades prisionais estarão sendo inauguradas nos municípios de Estância e Areia Branca, sendo que esta última oferecerá 390 vagas desafogando a superlotação que passa atualmente o sistema prisional de Sergipe.

Para oferecer mais melhorias, o governo anunciou que haverá concurso público para a entrada de novos agentes prisionais. No prazo de 60 dias a Sejuc estará publicando o edital para que novos profissionais possam ocupar as 312 vagas e deste modo, reforçar o efetivo dos presídios sergipanos.

INFO: SEJUC, ascom