A população umbaubense vem sofrendo com as constantes interrupções no abastecimento de água do município. O que antes atingia na maioria das vezes a cede do município, agora já esta afetando também a zona rural.

desoNesta segunda-feira (1), a população da cede do município passou o dia sem água nas torneiras. Como muitos desse cidadão não possuem sistema de reservatório em suas residências o jeito foi apelar para os vizinhos que tem cisternas (cacimbas) em casa.

Essas interrupções vêm se tornando cada dia mais constantes e na maioria das vezes são provocadas pela própria companha para fazer serviços de manutenção em suas redes que, diga-se de passagem, no município é muito antiga e cheia de vazamentos por todas as partes.

O motivo é justo e o desligamento seria compreensível se não fosse por um motivo: nenhum desses desligamento é agendado e previamente avisado aos consumidores.

Processos

Em agosto de 2014, a Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso) foi levada aos tribunais pelo Ministério público numa audiência de conciliação, instrução e julgamento com a participação ddo então diretor de operações, Silvio Mucio Farias acompanhado do seu advogado.

A audiência foi motivada Ministério Público Estadual (MPE) contra a Companhia para que em caso de interrupção no fornecimento de água por manutenção da rede, a população seja avisada previamente. Na época a diretoria se comprometeu a emitir aviso aos consumidores através dos meios de comunicação social toda vez que houver interrupção.

Aqui no interior porém, as coisas são feitas sem levar em conta esse acordo firmado na justiça e os usuários que precisam ficam com suas torneiras secas e suas contas de água cheias.

O Portal Alarde esta a disposição  através do telefone/whatsapp 79 99879-7111 e pelo email portalalarde@gmail.com , para quais quer esclarecimentos e informativos que a Deso queira fazer.