DEFENSORIA SUSPENDER REINTEGRAÇÃO E GARANTE AUXÍLIO MORADIA PARA 20 FAMÍLIAS DA OCUPAÇÃO PARAÍSO DA BARRA

0
603

A Defensoria Pública do Estado de Sergipe, através do defensor público e coordenador do Núcleo de Bairros, Alfredo Carlos Nikolaus, acompanhou na manhã da hoje, 24, o cumprimento por parte do judiciário da ação de reintegração de posse em face de 20 famílias que estavam ocupando o Loteamento Paraíso da Barra, no município de Barra dos Coqueiros.

A decisão foi cumprida de forma pacífica, no entanto, o defensor Público intermediou uma negociação com o Estado de Sergipe, através da Secretaria de Inclusão Social, para fornecer o auxílio moradia e a permanência das nos imóveis no prazo de oito dias até eles receberem o benefício.

“O objetivo da Defensoria Pública nesse acordo com o Estado de Sergipe foi justamente efetivar o direito à moradia dos ocupantes, tendo em vista que as famílias não teriam outro local até a concessão dos auxílios moradias, até porque as famílias não conseguiriam no prazo de 24 horas encontrarem um imóvel, realizarem um contrato de locação com o proprietário e levarem toda documentação para a Secretaria da Inclusão Social, ou seja, concluir todo o processo morando nas ruas com crianças e utensílios domésticos”, pontuou o defensor público Alfredo Nikolaus.

Acordo firmado – Segundo Alfredo Nikolaus, as famílias continuarão nos imóveis até a conclusão do processo de auxílio moradia.  “Assim que chegamos ao local entramos em contato com a secretária Marta Leão, demonstramos toda a situação que estava ocorrendo no local e a secretária nos pediu um prazo de algumas horas para emitir uma decisão. No final da tarde ela nos procurou e informou que haveria concessão de auxilio moradia e que as famílias iriam permanecer nos imóveis, até porque a rua não é local para se viver e tampouco de forma temporária”, comemora.

Foto: Infonet