Ouvir com webReader

Foi realizada na ultima semana as eleições para a escolha dos membros do conselho Escolar dos Colégios estaduais Dr. Antônio Garcia Filho e Benedito Barreto do Nascimento – BBN ambos em Umbaúba. Os conselhos escolares terão a prerrogativa de ajudar na administração bem como na fiscalização das unidades escolares.

Os processos eleitorais aconteceram na ultima quarta-feira, 28/05 e tiveram a duração de um dia inteiro (Manhã, tarde e noite) no Garcia filho e de apenas dois períodos (tarde e noite) no BBN. Ao final do processo estavam eleitos 15 membros conselheiros divididos por classe que de hoje em diante estarão responsáveis por deliberar sobre questões pedagógicas, administrativa e financeira, no âmbito escolar.

Para a coordenadora do movimento de pais do Garcia Filho esse é momento de estrema importância para a democracia nas escolas. “Esse é um passo muito importante para a educação e para as escolas. É um momento em que os pais e responsáveis ganham mais uma vez o pleno direito de acompanhar de perto e de ajudar a fazer a vida escolar de seus filhos. Mais para que esse momento tenha a utilidade a que se dispões é necessário qua a família não deixe a educação somete com a escola mais possa participar de verdade dessa rotina do aluno”, disse Fátima do movimento de pais e responsáveis.

O conselho escolar

O Conselho Escolar é um órgão colegiado composto por representantes da comunidade escolar e comunidade local, em conjunto com a direção da escola com atribuição de deliberar sobre questões pedagógicas, administrativa e financeira, no âmbito escolar. Podem participar do conselho escolar todos os segmentos que integram a comunidade escolar: pais, professores, alunos, e demais servidores da unidade escolar, além de um representante da comunidade local.

A professora Tânia Carvalho, vice-presidente da Comissão Eleitoral Estadual e coordenadora estadual dos conselhos escolares afirmou que no Conselho Escolar as decisões tomadas refletem a pluralidade de interesses e visões que existem entre os diversos segmentos envolvidos. “As ações têm um patamar de legitimidade mais elevado, as decisões tomadas têm mais transparência e as decisões são efetivamente coletivas”, explicou a professora.

Eleições

As vagas foram dispostas contando com 03 representantes do dos servidores, 05 representantes dos pais e responsáveis, 03 representantes dos professores e pedagogos e 04 representantes dos alunos. Representantes de seguimentos só poderão votar em candidatos dos seus perspectivos seguimentos como manda o regimento. Vale lembrar também que as vagas obedecem a quantidade de alunos de cada instituição e por isso variam de uma para outra.

Ao final do pleito foram apurados os votos e os resultados exibidos no mural dos colégios. Abaixo os nomes dos eleitos no Garcia Filho.

NOME VOTOS BRANCOS E NULOS VÁLIDOS SEGUIMENTO
EMANOEL NASCIMENTO SILVA 95 25 360 ALUNOS
EMILY NUNES DE CARVALHO 75
CLAUDINEY DE JESUS SANTOS 58
SAMUEL DE JESUS RIBEIRO 47
 
ELIEZER TRINDADE DE MENEZES 16 02 55 PAIS E PRESPONSÁVEIS
MARGARETH APARECIDA DO AMARAL 16
JOSEFA ALVES DOS SANTOS 09
ROSENIDE BOMFIM NUNES 04
 
RENATO AMORIM INOCÊNCIO 06 N. HOUVE 26 PROFESSORES E PEDAGOGOS
JADSON TELES SILVA 06
CARLOS ALBERTO DE ÁVILA 05
 
ANDRÉ FERNANDO G. OLIVEIRA 06 N. HOUVE 12 SERVIDORES
IZAQUE SANTOS 04
DAMIÃO DOS SANTOS SOARES 01