Na manhã desta terça-feira (10) a assessoria de comunicação da Estre Ambiental emitiu uma nota para imprensa informando que o Tribunal de Justiça de Sergipe concedeu,  liminar que determina a reabertura do aterro da Estre Ambiental, localizado em Rosário do Catete.

A decisão judicial afirma que o parecer técnico da Adema “não conclui na direção de que seja interditado o aterro”, diferentemente do que estabeleceu o presidente da Adema, José Almeida Lima, em seu despacho. Diz ainda que não foi dada a empresa a oportunidade de defesa no processo administrativo.

Com a reabertura, o aterro já está apto a receber resíduos dos clientes privados e públicos de Sergipe que ficaram desatendidos, como os do município de Aracaju, onde a coleta de lixo será retomada imediatamente.

A Estre reitera que trabalha com os mais altos padrões de segurança ambiental e tecnologia em seus empreendimentos e lamenta que, para manter a prestação de um serviço público essencial e preservar os interesses da população e o meio ambiente, teve de recorrer ao poder judiciário novamente.