Uma jovem mãe indiana foi queimada e morta com sua filha recém-nascida por seu marido e seus sogros. Eles não aceitaram que ela tivesse dado à luz uma menina.
QUEIMADAS VIVAS
A polícia do estado indiano oriental de Jharkhand, disse que Annu Devi foi incendiada enquanto estava amamentando sua filha.
Eles prenderam o marido, Gunjan Masat, que supostamente derramou querosene sobre Devi e sua filha antes de acenderem e jogarem um fósforo. O pai de Devi disse que eles eram casados há pouco mais de um ano, e queriam muito um filho homem.
Na Índia milhares de meninas são abortadas todos os anos depois de ecografias revelarem o sexo do feto. Na cultura indiana os meninos são preferência sobre as meninas.