Agentes da Delegacia de Cristinápolis investigam o roubo de cerca de 600 doses de vacina contra a gripe, que foram levadas de uma unidade da Clínica da Família Maria Dantas de Carvalho, localizada no centro da cidade. O crime teria ocorrido na terça-feira (9).

Segundo o secretário da saúde, José Rodrigues, apenas três pessoas têm acesso a sala de vacinação e o sumiço foi percebido na quarta-feira (10), já que no local não havia sinais de arrombamento.

Além da delegacia, o caso é avaliado por uma sindicância da Secretaria da Saúde. Os responsáveis pelo crime podem ser punidos de acordo com o que prevê a lei.

Apesar do roubo, o município já conseguiu vacinas com a secretaria de estado e no sábado (13) a campanha ocorrerá normalmente.