O presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários e Servidores da Secretária de Justiça do Estado de Sergipe (Sindpen), Luciano Nery, informou na manhã desta quinta-feira (29), que 32 detentos fugiram do presídio Regional Senador Leite Neto, em Nossa Senhora da Glória, no sertão de Sergipe.

Segundo ele, a ação aconteceu durante a madrugada através de um túnel cavado pelos presos no fundo da enfermaria. “A gente acredita que eles levaram pelo menos dois dias para cavar o túnel. Ainda não sabemos dizer qual a extensão”, informou.

Nery também falou que a unidade prisional está superlotada e com a estrutura inadequada. “No momento da fuga, cinco agentes estavam de plantão no presídio, que está com as oito guaritas desativadas. A unidade tem capacidade para 197 detentos, mas mantém 420”, observou Nery.

O túnel estava bem estruturado, tinha energia e até ventilador”
tenente coronel Fábio Fonseca Rolemberg

Policiais do 3º, 4º e 10º Batalhões da Polícia Militar, da Companhia Especializada em Operações Policiais em Área de Caatinga (Ceopac) e Grupo de Ações Táticas do Interior (GATI) trabalham na região desde as primeiras horas desta quinta-feria.

“O túnel estava bem estruturado, tinha energia e até ventilador”, informou o comandante do 4º Batalhão da PM, tenente coronel Fábio Fonseca Rolemberg.

“A Polícia Civil e a criminalística estão no local. Os demais presos já estão nas celas”, disse a  diretora do presídio Nívea Renata Feitosa de Azevedo Veiga.

O Secretário da Justiça e de Defesa ao Consumidor, Antônio Hora Filho, não foi localizado para falar sobre a situação.

Recapturado
Segundo a assessoria de comunicação da Secretaria de Segurança Pública de Sergipe (SSP), um detento foi recapturado. “Ele estava nas imediações do município de Feira Nova e aparentava meio debilitado pouco depois das 7h da manhã”, disse Rolemberg.